Equipamento

EQUIPAMENTOS ÓTICOS

Cuidados - Procure sempre utilizar luvas de algodão ao manipular qualquer elemento ótico, e mesmo assim evite tocar as superfícies expostas. A poeira superficial deve ser retirada com um pincel bem macio ou jatos de ar (não sopre!). Existem kits de limpeza de lentes (não para lentes de óculos!), que podem ser utilizados quando uma limpeza mais rigorosa for necessária. Guarde sempre os equipamentos óticos em embalagens adequadas e ao abrigo da poeira e umidade.

Serão necessários os seguintes materiais óticos para as montagens holográficas (Fotos de equipamentos da Newport Co.):

Espelhos - Todos os espelhos utilizados em holografia são espelhos com reflexão na primeira face, ao contrário dos espelhos convencionais que são espelhados por trás. Eles têm esta característica para se evitar reflexões múltiplas entre as suas duas superfícies. Pelo fato da superfície refletora se encontrar desprotegida, deve-se evitar tocá-la com os dedos, pois o ácido presente no suor danifica irremediavelmente o espelho. Você pode encontrar este tipo de espelho na Newport Co. ou Edmund Scientific, ou encomendá-lo em algum departamento de ótica de uma universidade próxima.

Beamspliters - São divisores de feixe. Ao passar por eles, o feixe de laser é dividido em dois. Existem beamsplitters fixos e variáveis. Estes últimos são essenciais para montagens mais avançadas e são mostrados dois exemplos deles abaixo. Você pode improvisar um beamsplitter utilizando um pedaço de vidro comum com pelo menos 6 mm de espessura (isto é importante para que as reflexões internas do laser não retornem sobre si mesmas). Este divisor terá uma razão aproximada de 80:15 (80% de luz transmitida para 15% de luz refletida, o resto é perdido nas reflexões internas e absorções). Outras relações só podem ser conseguidas com equipamento profissional (Newport Co. ou Edmund Scientific).

Filtros espaciais - Este é um tipo de equipamento que combina um pinhole (orifício minúsculo, perfurado com grande precisão) e uma objetiva de microscópio, para "limpar" o feixe do laser e conseguir uma iluminação coerente de grande pureza. É utilizado em qualquer montagem que se pretenda profissional. Seu ajuste se configura uma verdadeira arte, pois depende em grande parte da habilidade de quem está manipulando o equipamento.

EQUIPAMENTOS MECÂNICOS

Disparadores - Servem para expor o filme ao laser. Pode ser um simples papel preto interrompendo o feixe do laser, controlado à mão ou disparadores eletro-mecânicos mais complicados, com controle automático do tempo de exposição (como o abaixo).

Mesas com isolamento pneumático - Estas mesas são rígidas, com tampo de aço inoxidável e preenchimento interior com alvéolos hexagonais para aliviar seu peso. Seus suportes são isoladores pneumáticos, que mantém a mesa flutuando em um colchão de ar para amortecer as vibrações que vem do solo e que poderiam prejudicar a exposição do holograma. Podem ser improvisadas, daremos mais dicas futuramente.

Suportes - Todos os elementos óticos precisam ser fixados de alguma maneira na mesa. Existem suportes especializados para isso, onde são presos os espelhos, divisores de feixe, filtros espaciais, filme holográfico, etc., de modo a permitir uma rígida montagem (necessária para reduzir as possibilidades de movimentação) e ajustes precisos de posicionamento. É claro que sempre é possível improvisar, desde que haja cuidado para não danificar os componentes na fixação, permitindo o ajuste necessário e mantendo toda a montagem o mais rígida possível. Abaixo são mostradas bases de fixação magnética.

EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS

Laser - O coração do sistema. Sem o laser não é possível realizar hologramas (pelo menos até hoje). O laser recomendado para o iniciante é o de HeNe, com pelo menos 1 mW (idealmente 5 mW) e o modo de oscilação TEM 00 (importante!).

Exemplo de montagem holográfica com vários elementos: