Edital de Seleção para Estudantes – Programa de Monitoria da Graduação – Disciplina Animação 3D Digital

O(A) Chefe do Órgão Acadêmico Responsável do(a) Departamento de Fotografia e Cinema, Patrícia Gomes de Azevedo , faz saber que, no período de 08/06/2021 a 15/06/2021 , de 00:00:01 às 23:59:00 horas, o(a) Secretaria do Departamento de Fotografia e Cinema (através do email
dftc@eba.ufmg.br) receberá as inscrições de candidatos para o exame de seleção do Programa para atuar nas disciplinas/atividades com carga horária de 12 horas semanais.

Edital PMG 002/2021 – Animação

Concurso Professor Substituto para o Teatro Universitário da UFMG

Texto: Divulgação

A Reitora da Universidade Federal de Minas Gerais torna público que, consoante o(s) prazo(s) abaixo especificado(s), contado(s) a partir do dia subsequente ao dia da publicação deste Edital, serão recebidas as inscrições de candidatos ao(s) processo(s) seletivo(s) para preenchimento de vaga(s) de PROFESSOR SUBSTITUTO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO, a ser(em) lotado(s) nesta Universidade, de acordo com a seguinte especificação:
UNIDADE: Escola de Educação Básica e Profissional / Teatro Universitário.
VAGA(S): 01(uma).
ÁREA DE CONHECIMENTO: Visualidade da Cena e Produção Cultural
TITULAÇÃO: Mestrado na área de Teatro, ou Design, ou Arquitetura, ou Artes Visuais, ou Moda, ou Cenografia, ou Indumentária, ou Figurino, ou comunicação.
PRAZO DE INSCRIÇÃO: 15 (quinze) dias, a partir do dia subsequente ao dia da publicação do Edital.
DATA DA SELEÇÃO: até 10 ( dez) dias úteis após o encerramento das inscrições. FORMA DE SELEÇÃO: análise de “curriculum vitae” e entrevista por videoconferência. As instruções para a realização da videoconferência e critérios de avaliação das provas estarão disponíveis na página eletrônica http://www.coltec.ufmg.br .
Endereço eletrônico para contato: secretaria-tu@ebap.ufmg.br.
PRAZO DE VALIDADE DO PROCESSO SELETIVO: 6 (seis) meses, contados a partir do dia subsequente ao dia da publicação do Edital de Homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do órgão interessado no certame.

Maiores detalhes nos arquivos abaixo:

Edital 815 – TEATRO UNIVERSITÁRIO

TABELA DE PONTUAÇÃO – CONCURSO

CRONOGRAMA – VISUALIDADE DA CENA E PRODUÇÃO CULTURAL

Chamada Interna EBA 01/2021 Concessão de Auxílio Financeiro ao Estudante para Apoio à Realização de Projetos de Discentes

O Diretor da Escola de Belas Artes d a UFMG, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, torna público para conhecimento dos Colegiados dos Cursos de Graduação da EBA, dos estudantes regularmente matriculados na EBA e da comunidade da Escola de Belas Artes, as condições para a concessão de Auxílio Financeiro ao Estudante para apoio à realização de projetos acadêmicos, no 1º e 2° semestre letivo de 2021.

As solicitações de auxílio financeiro ao estudante deverão ser apresentadas pelos próprios estudantes interessados aos respectivos Colegiados de Curso, nos seguintes períodos:

a) para o 1º semestre de 2021: de 19 de maio até 30 de junho de 2021.

b) para o 2º semestre de 2021: de 19 de julho até 30 de agosto de 2021.

As condições para participação estão descritas no documento abaixo.

Edital 775 – Chamada Interna EBA_01/2021 – Concessao de Auxilio a Estudantes

Boas vindas ao 1º semestre de 2021 da EBA/UFMG!

À Comunidade da EBA,

Boas vindas ao 1º semestre de 2021 da EBA/UFMG!

 

A Diretoria da Escola de Belas Artes preparou este comunicado para receber a comunidade acadêmica da EBA e reforçar informações relevantes neste contexto da pandemia e dos trabalhos acadêmicos e administrativos em ambientes remotos.

Para a nossa Escola, cada semestre representa a renovação dos nossos compromissos com a educação pública, diversa e de qualidade, reafirmando a nossa vocação de formar pessoas e, especificamente, aproximá-las às diversas áreas do conhecimento das Artes e da Cultura.

O momento de crise global de saúde pública nos impõe desafios para encontrarmos alternativas disponíveis no nosso momento histórico, as quais nos permitam manter presente e fortalecer a interatividade dos conhecimentos e das pessoas, por meio do universo das redes digitais e virtuais de informação e comunicação.

Desejamos que, no 1º semestre de 2021, possamos aprimorar os nossos trabalhos remotos e contar sempre com a colaboração de todos e todas membros da comunidade escolar para seguirmos superando os desafios.

 

Recepção de Calouros on line: programação de atividades on line para recepção dos novos estudantes da UFMG com informações disponíveis em: https://ufmg.br/comunicacao/eventos/ufmg-recepciona-calouros-com-atividades-on-line e mais informações em: https://ufmg.br/comunicacao/noticias/ufmg-recebe-novos-estudantes-com-programacao-on-line-na-proxima-semana .

 

Viver UFMG: no espaço virtual Viver UFMG disponível no endereço https://ufmg.br/viverufmg/ e na versão pdf disponível em https://ufmg.br/storage/f/c/a/5/fca501986a20caf41ff3552484ba652a_1620929845346_1796427430.pdf, os estudantes têm acesso à edição 2021/1 do Guia Viver UFMG, que se trata de um manual com orientações gerais sobre a universidade e a vida acadêmica, incluindo: o ensino remoto emergencial, a assistência e permanência estudantil, as plataformas de livros eletrônicos disponíveis no Sistema de Bibliotecas da UFMG, o acolhimento em saúde mental, as fontes de referência para esclarecimento de dúvidas, dentre outros assuntos.

 

Chamadas de apoio discente para Inclusão digital: as chamadas PRAE e FUMP de apoio discente para inclusão digital estão disponíveis em: https://ufmg.br/comunicacao/noticias/lancadas-tres-chamadas-para-inclusao-digital-de-estudantes-de-graduacao

Saúde mental: estamos preocupados com o bem estar físico e mental de toda a comunidade da EBA e, por isso, reforçamos as informações da UFMG para quem precisa de ajuda neste difícil momento da pandemia, que estão disponíveis em https://www.ufmg.br/saudemental/ 

Nesse sentido, destacamos que: A comunidade da UFMG se organizou e, sob articulação da Rede de Saúde Mental e da Comissão Permanente de Saúde Mental da UFMG, oferece diferentes modalidades de acolhimento para toda a comunidade. A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconheceu que as incertezas em torno do avanço da pandemia, e as situações de exceção a que grande parte da população mundial está submetida, são gatilhos para o estresse e ansiedade. Fique em casa, cuide da saúde do corpo e da mente, e conte com o apoio dos profissionais e voluntários da UFMG.”

 

Ensino Remoto Emergencial: frente aos desafios trazidos pela pandemia do novo coronavírus e a necessidade do uso ampliado das tecnologias digitais, implementamos no 1º semestre de 2020 o Ensino Remoto Emergencial (ERE) na Escola de Belas Artes como um Laboratório Experimental.

O Ensino remoto emergencial tem nos permitido um momento único para a experimentação e criação, tanto como Escola quanto como educadores, artistas, designers e profissionais da cultura que somos, gerando possibilidades de reinvenção das nossas atividades acadêmicas.

A experimentação e a invenção estão fortemente ligadas ao campo múltiplo que configura as Artes, a Cultura e a Educação. Assim, o Ensino Remoto Emergencial é uma oportunidade para criar, aprender e experimentar, em nossas práticas pedagógicas, as possibilidades tecnológicas e virtuais do nosso tempo, paralelamente aos saberes artísticos e culturais, que notadamente são marcados pelas experiências de contato físico, material e em interação social e emocional.

Lembramos que a Resolução nº 02/2020 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFMG é que regulamenta o Ensino Remoto Emergencial para os cursos de graduação da UFMG durante o período de pandemia da doença COVID-19, está disponível no sítio eletrônico da UFMG.

Reforçamos também sobre o Programa Integração Docente – Ações Formativas para as Práticas Pedagógicas, que conta com diversas iniciativas, fruto da parceria entre Giz/Prograd, Caed e DTI, cujas informações estão disponíveis em: https://www.ufmg.br/integracaodocente/

 

Uso de plataformas digitais: a UFMG recomenda o uso das plataformas digitais Moodle e Microsoft Teams.

Essa recomendação está relacionada à capacidade técnica desses ambientes virtuais para a execução do planejamento acadêmico, a fim de disponibilizar adequadamente os materiais didáticos, tarefas e planos de ensino, disponíveis inclusive para a comprovação do cumprimento de carga horária.

O acesso às plataformas Moodle e Microsoft Teams está previamente configurado na Universidade para o mesmo acesso ao Minha UFMG. Em comum acordo entre os professores e os alunos podem ser utilizados outros recursos digitais para assegurar e facilitar o acesso aos estudantes. Em caso de adoção de outras plataformas digitais, recomendamos que estudantes e professores sempre acompanhem o Moodle, como a forma de comunicação oficial das disciplinas.

Nos sítios eletrônicos da EBA e da UFMG encontram-se os links de acessos e tutoriais para o uso do Moodle e Microsoft.

Além disso, para introdução às plataformas digitais da UFMG, o Setor de Tecnologia da Informação da EBA disponibilizou um tutorial direcionado aos novos estudantes da EBA, que está disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=9bH6LE52yEQ

 

Direitos autorais e de imagem: enfatizamos a atenção ao uso responsável com a difusão de material didático elaborado por Professores da EBA e UFMG, no que diz respeito aos direitos autorais e de imagem concernentes e ao caráter eminentemente didático dos materiais disponibilizados aos estudantes, que são de uso específico para o suporte pedagógico durante o Ensino Remoto Emergencial, sendo imprescindível a autorização expressa do autor do material para o seu uso para quaisquer outras finalidades não inseridas naquelas abrangidas pelas atividades institucionais.

Dessa forma, reiteramos os termos da Advertência Legal, estabelecida na UFMG:

Adverte-se, para os devidos fins, que a imagem dos docentes, discentes e demais envolvidos, além do conteúdo oral e escrito das aulas, encontram-se legalmente protegidos pela Lei nº 9.610/98 (Lei de Direitos Autorais) e somente poderão ser utilizados para fins exclusivamente acadêmicos a que se destinam e no âmbito interno da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Estão proibidas quaisquer outras formas de utilização, tais como copiar, editar, adicionar, reduzir, exibir, difundir publicamente, transmitir a terceiros, bem como trocar, emprestar ou praticar qualquer ato de comercialização.

A violação a quaisquer desses direitos exclusivos dos titulares acarretará as sanções previstas na Lei no 9.610/98 (Lei de Direitos Autorais), nos arts. 184 e 186 do Código Penal, sem prejuízo da apuração de transgressão disciplinar de servidores (Lei no 8.112/90) e discentes (Estatuto da UFMG)”.

 

Acesso a conteúdos públicos: o Guia do Usuário contendo as orientações sobre o Sistema de Bibliotecas da UFMG está disponível no sítio eletrônico da EBA.

Recomendamos a realização do Treinamento online da Biblioteca Universitária, para conhecer os fundamentos das Bibliotecas da UFMG. O curso tem carga horária de 4 horas e a inscrição é feita no sítio eletrônico da própria Biblioteca Universitária.

Conteúdos digitais públicos estão disponíveis nos portais abaixo, cujos links de acesso estão disponíveis no site da EBA:

Portal Capes, biblioteca virtual que disponibiliza a produção científica nacional e internacional.

Repositório Institucional da UFMG, que armazena a produção intelectual da UFMG.

Periódicos da UFMG.

Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD) que integra e disponibiliza os textos completos das teses e dissertações defendidas nas instituições brasileiras de ensino e pesquisa.

 

Cuidados coletivos e individuais com o coronavírus: no sítio eletrônico da UFMG, disponível em https://ufmg.br/coronavirus, encontram-se informações oficiais da Universidade sobre a pandemia do novo coronavírus. E no sistema Minha UFMG na aba Serviços encontra-se o sistema MonitoraCovid que está disponível em: https://monitoracovid.ufmg.br

Destacamos que: Embora o cenário da pandemia seja dinâmico, é também evidente que a necessidade do distanciamento social será prolongada, por tempo indeterminado. Por isso, com base nas evidências científicas disponíveis, a UFMG iniciou o planejamento da retomada de atividades que não podem ser desenvolvidas por meio remoto, considerando a relevância e a responsabilidade social da UFMG. O retorno é lento, gradual, sujeito a idas e vindas, com restrição do número de pessoas e adoção de medidas de distanciamento social e de biossegurança. Sobretudo, sempre alinhado aos indicadores epidemiológicos e às recomendações das autoridades sanitárias locais.”

Diante disso, a comunidade escolar deve observar as orientações contidas nos seguintes documentos oficiais:

Protocolo de biossegurança e adequação do espaço físico da UFMG, disponível em: https://ufmg.br/storage/b/d/4/b/bd4b2cf83ed9619099eff5a389184f7a_16020949808844_1676750974.pdf

Plano para o retorno presencial de atividades não adaptáveis ao modo remoto na UFMG, disponível em: https://ufmg.br/storage/9/c/f/7/9cf7ab98cc7c38124d4603c296127771_16011170618036_736056224.pdf

Reforçamos que a Comissão de Acompanhamento do Ensino Remoto Emergencial na EBA e a Comissão de Proteção Comunitária da EBA, em ação conjunta com a Diretoria da EBA estão elaborando uma proposta de Plano de adequações para retorno de atividades presenciais na EBA, de maneira a orientar a comunidade da EBA no desenvolvimento de suas atividades não adaptáveis ao modo remoto, somente quando o contexto da pandemia assim o permitir. Contamos com a participação de todos os representantes envolvidos neste trabalho para compartilhar os anseios de todos os setores da EBA e juntos construirmos alternativas em diálogo com a comunidade, viáveis e seguras para apoiar o desenvolvimento de nossas atividades acadêmicas e administrativas na EBA.

 

Uso eventual dos espaços físicos da EBA: as atividades presenciais que requerem o uso eventual das dependências da Escola de Belas Artes, por sua vez, estão regulamentadas pela Diretoria da EBA, por meio da Portaria nº 013/2020/DIR/EBA-UFMG, que está disponível no sítio eletrônico da Escola no endereço: https://eba.ufmg.br/nossa-escola/wp-content/uploads/2020/07/013_2020_Portaria_DIR_EBA_Covid.pdf . Reforçamos que as condições de acesso definidas pela referida Portaria dizem respeito apenas ao uso eventual da Unidade, com justificativa expressa da necessidade da presença.

Reforçamos que a oferta de atividades acadêmicas presenciais de ensino permanecem suspensas na UFMG e devem observar o disposto no art.7 da Resolução nº 02/2020 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFMG. Dessa forma, havendo a necessidade eventual de acesso presencial à Escola de Belas Artes, os membros da comunidade escolar devem requerer por e-mail às autoridades elencadas na referida Portaria, no item 3.6, a fim de obter a devida autorização de acesso à EBA para o cumprimento de atividades ou serviços essenciais.

Lembramos ainda a necessidade da adoção das medidas de biosegurança do protocolo da UFMG, com a finalidade de garantir o acesso seguro aos que necessitarem comparecer na Escola. Além disso, por cautela e para melhor organização da movimentação de pessoas na Unidade, deve ser agendado na SLOP, por e-mail endereçado a <slop@eba.ufmg.br>, o comparecimento na Escola de Belas Artes, de modo que a SLOP possa observar as movimentações previstas para as datas solicitadas, evitando-se aglomerações, e para que sejam tomados todos os cuidados sanitários exigidos neste momento excepcional.

 

Edital de Seleção para Estudantes – Programa de Monitoria da Graduação – Disciplina Litografia

O Chefe do Órgão Acadêmico Responsável do Departamento de Artes Plasticas , Prof. João Augusto Cristeli de Oliveira , faz saber que, no período de 17/05/2021 a 26/05/2021 , de 14:00:00 às 17:00:00 horas, o dapl@eba.ufmg.br receberá as inscrições de candidatos para o exame de seleção do Programa para atuar nas disciplinas/atividades com carga horária de 12 horas semanais.

Edital PMG 2021 – Litografia

Do Dispositivo Como Experiência – 13 de maio a 14 de junho

A exposição Do Dispositivo Como Experiência é uma mostra dos alunos da disciplina Tópicos em Fotografia III: Oficina de Câmeras Artesanais, Pinhole e Processos de Fotografia em PB, da Escola de Belas Artes da UFMG, ministrada no contexto do Estágio Docência (e das atividades de pesquisa e criação desenvolvidas no marco da Tese do doutorado do PPG-Artes EBA Dirceu Maués em parceria com o orientador do projeto, o Prof Adolfo Cifuentes em 2019. A mostra retoma algumas das experiências desenvolvidas durante a disciplina, partindo do ponto central de ancoragem da pesquisa do doutorando: uma abordagem do dispositivo fotográfico como poética, no contexto da arte contemporânea.

Planejada inicialmente para acontecer fisicamente no Espaço F, no segundo andar da EBA, a mostra acontece somente agora, de modo virtual, devido ao contexto da pandemia. Nesse sentido, o Espaço f tem o prazer de dar as boas vindas à comunidade universitária através desta exposição que comemora a escrita da luz, como base da fotografia, e seus diversos dispositivos. Dispositivos que nós, seres humanos e artistas, inventamos e idealizamos não apenas para captar e inventar imagens, mas também para explorar uma poética a partir da sua inscrição em diversos tipos de suportes e práticas artísticas.

Dirceu Maués, doutorando PPG-Artes/EBA/UFMG.
Curador da mostra
Adolfo Cifuentes, Departamento de Fotografia e Cinema.
Coordenador Espaço f, Espaço de Exposições na Área da Fotografia EBA/UFMG

Comissão Examinadora e Inscrições homologadas para o concurso Edital nº 142/2021 – Pintura

Comissão examinadora:
Joice Saturnino de Oliveira
Janaína Thais Rodrigues Luiz
Christiana Quady Firmato Brant
Candidatos inscritos
Renata Silva Garboci Beloni Rosa     
Daniella Gomes Birchal de Moura     
Camila Lacerda Lopes     
José Márcio de Oliveira Lara     
Ricardo de Oliveira Maciel     
Ricardo de Oliveira Maciel     
juliana silveira mafra     
Hugo Maria de Mendonça Houayek     
Bruno Silvério Duque     
daniela Camargos Araujo Almeida     
Marcel Martins Lacerda Diogo     
Gladston da Costa Almeida     
Sofia Porto Bauchwitz     
Roosivelt Max Sampaio Pinheiro  

 

Seminários em Impressão e Gravura Contemporânea – 11 de Março

Nesta quinta-feira, 11/03, teremos a alegria de receber o artista Cristiano Lenhardt, de forma remota, na EBA. Com mediação da curadora Clarissa Diniz, Cristiano irá conversar sobre sua trajetória como artista e particularmente sua produção em diálogo com a gravura. O evento faz parte dos Seminários em Impressão e Gravura Contemporânea, promovido pelo Departamento de Artes Plásticas, que busca trazer artistas e pesquisadores externos à EBA/UFMG para apresentar e debater temas contemporâneos relacionados à impressão e à gravura no campo ampliado.

Acesso pelo Zoom clicando na imagem abaixo:

Resultado da eleição para Direção e Vice Direção da Escola de Belas Artes e Retificação de Editais

A chapa única, inscrita para a consulta eleitoral para a Diretoria e Vice-diretora da EBA, gestão 2021 a 2025, foi sancionada pela comunidade que compareceu à urna eletrônica, na seguinte porcentagem 50% de docentes, 47% de técnicos administrativos e 1% discentes.

Diretor Professor Cristiano Gurgel Bickel ; Vice-Diretor Professor Adolfo Cifuentes

Comissão Eleitoral

Profª Rita Gusmão

Profª Ana Paola

Técnica Adm. Adila de Oliveira

Técnica Adm. Tatiana Campolina

Discentes Gabriela Arsênio e Vinícius Guimarães

 

EDITAL_243-2021-EBA-SGE-UFMG – RETIFICAÇÃO DOS EDITAIS Nº 855/2020/EBA-SGE-UFMG, EDITAL Nº 134/2021/EBA-SGE-UFMG E EDITAL Nº838/2020/EBA-SGE-UFMG

Processo Seletivo de Professor Substituto – Edital nº 142, de 27 de Janeiro de 2021 – Departamento de Artes Plásticas – Pintura

Edital 141 – Departamento de Artes Plásticas – Área de Conhecimento: Pintura – 40 h – Professor Substituto

OFÍCIO CIRCULAR Nº 3/2020/CPPD-UFMG – Abertura de Edital de Processo Seletivo para Professor Substituto

Edital 142 – Edital 151 – Retificação_APL_- 40 h – Professor Substituto

Escola de Belas Artes da UFMG recebe doações para criação de acervo de equipamentos fotográficos

Texto: Assessoria de Imprensa da UFMG

Aquela câmera antiga esquecida no fundo do armário pode ajudar a contar a história da fotografia. Essa é a proposta do AcervoF, projeto da Escola de Belas Artes da UFMG. Por meio do recolhimento, catalogação, guarda e exposição de equipamentos fotográficos, provenientes de doações institucionais ou de acervos particulares, o projeto amplia as possibilidades de resgatar e fortalecer a história técnica da fotografia.

As doações serão registradas através de Termo de Doação que fará parte da documentação do projeto. Os equipamentos não precisam se encontrar em perfeito funcionamento, nem mesmo em embalagens originais. Interessados em contribuir com o projeto podem entrar em contato pelo e-mail <acervof.ufmg@gmail.com> ou pelo site www.eba.ufmg.br/acervof.

“Nosso objetivo é reunir e expor equipamentos de fotografia de diferentes épocas, contribuindo para a democratização do conhecimento histórico ligado às tecnologias dos diversos equipamentos produtores de imagens”, explicam os professores Alexandre Leão e Paulo Baptista, coordenadores do projeto.

Criado em 2010, o AcervoF se apresenta como um recurso cultural e científico que envolve atividades de ensino, pesquisa e extensão, com a participação de pesquisadores e profissionais das áreas de Fotografia, Conservação-Restauração, História, Museologia e afins. Atualmente o projeto conta com a participação voluntária de duas alunas do Curso de Conservação-Restauração, Cláudia Lima e Thalita Braga.

Além da seleção, identificação e pesquisa histórica das câmeras e acessórios, o projeto prevê intervenções de conservação e guarda do acervo, com produção de documentação e catalogação das peças.

Luísa Machala inaugura novo ciclo do Aulas Abertas UFMG com tema Dança e performances

Texto: Assessoria do Centro Cultural UFMG

Os próximos vídeos do projeto Aulas Abertas, do Centro Cultural UFMG, trazem falas de especialistas sobre Dança e performances. Os convidados deste ciclo abordam o potencial da corporeidade como linguagem e elemento de expressão e apresentam seus processos criativos sobre o fazer artístico com o corpo.

A professora de dança contemporânea Luísa Machala inaugura o assunto e compartilha sua experiência em videodança, focando em aspectos da criação coletiva e colaborativa em uma aula intitulada de Videodança: exercitando a criação em rede. Link do vídeo: https://youtu.be/EJ1JJQQICMo

Segundo Luísa, definir videodança não é uma tarefa fácil. Assim sendo, ela seleciona dois pontos consensuais entre pesquisadores do campo. O primeiro é compreender que a videodança não é um mero registro documental, uma transposição das danças criadas para os palcos, por exemplo, para a tela, mas algo construído e pensado especificamente para esse fim, para a tela.

O segundo ponto é entender a videodança como um campo híbrido, isto é, para que aconteça essa especificidade é necessário que a dança e o audiovisual estejam em relação. Por se tratar de hibridismo não seria qualquer tipo de relação, mas uma relação não hierárquica, não acessória, não instrumentária, ou seja, a dança não estaria a serviço do audiovisual e nem o audiovisual a serviço da dança. O que acontece é um diálogo das áreas, uma espécie de agenciamento entre os conhecimentos específicos de cada uma, pensando a videodança como uma emergência dessa relação ou como uma deriva dessa troca, explica.

Para adentrar ao tema, Luísa Machala apresenta algumas experiências e processos criativos que ela vivenciou ao longo dessa quarentena, como Ventana: a noção de criação em rede e a relação entre o corpo e a técnica, o projeto Movimento em RedeGabinete sanitário4.000 fugas para a fragilidadeEcos de recolhimentoRisco e Corpo-imagem: videodança em pesquisa. Assista ao vídeo abaixo e conheça um pouco sobre a perspectiva de criação da artista.

Luísa Machala é artista-pesquisadora da Dança, professora de dança contemporânea e videomaker. É mestre em Artes pela Escola de Belas Artes da UFMG, graduada em Licenciatura em Dança pela mesma universidade e em Estudos Gerais: Artes e Culturas Comparadas pela Universidade de Lisboa, Portugal.

O Aulas Abertas foi elaborado para oferecer um espaço de compartilhamento de ideias, conceitos e experiências, buscando a construção do conhecimento reflexivo e crítico pelo público, que terá acesso à fala de professores, pesquisadores e artistas convidados. Não se trata, portanto, de aulas propriamente ditas, mas discussões contextualizadas pelo olhar científico e humano, essenciais nesse momento de crise.

A cada semana será publicada uma nova aula através do Facebook, Instagram, YouTube e Site da Instituição. Confira os vídeos anteriores também por meio das redes sociais.

Artista plástico argentino é contemplado em projeto do Centro Cultural UFMG

Texto: Comunicação Centro Cultural UFMG

O Centro Cultural UFMG disponibiliza nesta terça-feira, dia 1º de junho de 2021, a segunda edição do projeto Diálogos: Artista e Curador(a), que contempla o artista plástico e professor argentino Abel Monasterolo, com a exposição virtual “Rio vermelho: memoria y metáfora visual”. A mostra tem curadoria da argentina Isabel Molinas, doutora em educação, pesquisadora e professora da Universidade Nacional del Litoral.

Com trabalhos extremante poéticos, Abel Monasterolo faz incursões profundas nos sentimentos resultantes de sua vivência no campo, junto ao rio Colastiné, nos arredores de Santa Fé. Referência em seu país na hibridação nas artes visuais, o artista expõe suas obras desde 1982, em mostras coletivas e individuais, que em sua trajetória obteve diversos prêmios em salões nacionais, estaduais e regionais.

Abel Monasterolo nasceu em San Cristóbal, em Santa Fé, na Argentina. É docente sênior em Artes Visuais Especializada em Pintura. Estudou com os professores César López Claro, Enio Iommi, Julio César Botta e Ahuva Slimowich. É professor da Escola Superior de Artes Visuais “Prof. Juan Mantovani”, diretor e curador do Museu Municipal de Artes Visuais de Santa Fé e membro do Conselho Social da Universidad Nacional del Litoral.

Link para a exposição virtual Rio vermelho: memoria y metáfora visual: https://www.youtube.com/watch?v=lu6UYRDaG0g 

Vídeos complementares:

Rio das Mortes: https://www.youtube.com/watch?v=QnddOVq-bhk 

Mural Rojo: https://www.youtube.com/watch?v=9t_VTiG8aGw 

O projeto Diálogos: Artista e Curador(a) pretende disponibilizar exposições virtuais em formato de vídeos documentários mensalmente nas redes sociais do Centro Cultural UFMG. A partir de recortes curatoriais cronológicos, os vídeos trazem uma linha evolutiva no tempo e no percurso da criação do artista, oferecendo ao espectador a oportunidade de percorrer virtualmente pelas obras, através de simulação 3D, sendo mediado pelos comentários do artista e do curador.

O projeto vai apresentar nomes expressivos do cenário artístico e oferecer ao público conteúdos com excelência, associados a uma reflexão aprofundada no contexto da arte contemporânea nacional e internacional, permitindo que avancem em seus conhecimentos e nas maneiras de fazer e pensar a arte.

Siga nossas Redes Sociais e fique por dentro da programação:
Facebook: https://www.facebook.com/centroculturalufmg 
Instagram: https://www.instagram.com/centroculturalufmg 
YouTube: https://www.youtube.com/c/CentroCulturalUFMG 
Twitter: https://twitter.com/ccultufmg
Spotify: https://spoti.fi/37VZnRa